Juarez Casagrande

A multa de mora/ofício e a denúncia espontânea do contribuinte

Postado em 30/11/2012




Prevê o texto contido no Código Tributário Nacional, que  quando o contribuinte poderá fazer jus ao instituto da denúncia espontânea

Neste contexto, preceitua o art. 138 do CTN:
  A responsabilidade é excluída pela denúncia espontânea da infração, acompanhada, se for o caso, do pagamento do tributo devido e dos juros de mora, ou do depósito da importância arbitrada pela autoridade administrativa, quando o montante do tributo dependa de apuração.  

Parágrafo Único: Não se considera espontânea a denúncia apresentada após o início de qualquer procedimento  administrativo ou medida de fiscalização, relacionados com a infração.

Clique em download para ler o artigo completo


Download do arquivo

Fonte: Dr. Juarez Casagrande

Outras notícias

30/07/2018 - Bancário que teve depressão após dispensa discriminatória tem indenização reduzida
25/02/2019 - Imóvel recebido em doação não pode ser penhorado para pagar dívida trabalhista exclusiva do cônjuge
28/10/2019 - STJ - Segurada deve optar entre aposentadoria pelo INSS e execução de parcelas do benefício obtido na Justiça
12/04/2021 - Os impactos fiscais das alterações promovidas na Lei de Falências
02/03/2018 - Contribuinte vence no STJ disputa sobre créditos de Cofins